Navegación – Mapa del sitio

InicioPresentacíonProcesso de seleção

Processo de seleção

Chamada para artigos: seleção e avaliação

A revista assenta num sistema regular de chamada de artigos (call for papers), através do qual são enviadas propostas aos editores (em qualquer momento). Os artigos enviados neste contexto passam por um rigoroso processo de seleção, tendo por base a avaliação por pares de caráter independente (cf. Comité Científico) e de acordo com os seguintes procedimentos:

  • A revista verifica se os artigos enviados são originais. Os artigos são ainda analisados para deteção de plágio através de softwares automáticos e da verificação manual na internet. O plágio nas suas diferentes formas é inaceitável;

  • Os editores fazem uma seleção preliminar, analisando a relevância do tema e a sua adequação às normas de publicação definidas. No caso dos números temáticos, cabe ao/à organizador/a do número fazer a seleção das propostas recebidas;

  • Os artigos são encaminhados de forma anónima para dois especialistas externos em função dos temas dos artigos, que num prazo máximo de dois meses fazem a apreciação crítica dos textos (parecer com base numa grelha de análise) e decidem sobre a aceitação ou rejeição dos mesmos. Em caso de impasse é solicitado aos editores um terceiro parecer;

  • Os pareceres dos referees são enviados aos autores para que se façam as modificações indicadas, ou informam-se os autores em caso de rejeição dos artigos;

  • Após as alterações aos artigos pelos autores, os textos retornam aos referees para aprovação;

  • Uma última revisão aos textos é realizada pela revista para uma análise mais fina (ex. gralhas gramaticais e ortográficas, e outros aspetos formais: regras de citação e bibliografia, etc.) de modo a manter a qualidade da apresentação dos textos;

  • A decisão sobre a publicação dos textos é comunicada aos autores num prazo máximo de seis meses após o envio da proposta.

Os editores privilegiam textos que se destaquem pela sua capacidade de teorização, reflexão crítica, inovação e originalidade. Atendendo às várias componentes da estrutura de um artigo, os textos são avaliados de acordo com os seguintes critérios: resumo (clareza, objetividade e adequação); introdução (definição dos objetivos e do objeto de estudo, clareza e adequação das metodologias); enquadramento teórico (estrutura, coerência, qualidade e rigor); conclusões (coerência dos resultados em função dos objetivos, adequação das recomendações); bibliografia (atualização do estado da arte do tema); escrita (clareza e qualidade); material complementar: imagens/ilustrações/tabelas/quadros (qualidade, rigor e adequação); dimensão do artigo (adequação); relevância, originalidade e criatividade.

Chamada para números temáticos: envio de propostas, seleção e avaliação

A revista MIDAS acolhe, de forma permanente e regular, propostas de números temáticos sobre temas originais e inovadores no âmbito da teoria da museologia e das suas práticas. As propostas devem ser enviadas por email para revistamidas@gmail.com em ficheiro Word.

A proposta deve incluir: título; texto de apresentação sobre o contexto, os objetivos e os contributos do número temático (até 2500 palavras); uma lista das referências bibliográficas mais relevantes sobre o tema (não mais de 15); títulos e resumos dos artigos; nota biográfica de cada autor/a (até 100 palavras) e de cada organizador/a.

Todos os contributos do número temático deverão ser originais, o que significa que não deverão ter sido publicados antes, em formato impresso ou online.

Os contributos do número temático podem ser escritos nas várias línguas de trabalho da MIDAS: Português, Espanhol, Inglês e Francês.

Os editores da MIDAS selecionam as propostas com base nos seguintes critérios: qualidade, originalidade e relevância da proposta; mérito científico dos/as organizadores/as; e diversidade institucional e geográfica dos/as autores/as dos artigos que compõem o número proposto.

As propostas enviadas até 15 de fevereiro de cada ano são apreciadas pelos editores da MIDAS, sendo enviada resposta até 31 de março. Em caso afirmativo, o número completo deve ser enviado (com arbitragem científica externa e revisão editorial concluída) à MIDAS, o mais tardar, até 15 de setembro.

Um número temático deve ser constituído por uma introdução (2500 a 4000 palavras) e uma secção de artigos, com um mínimo de quatro artigos e um máximo oito artigos. Cada artigo não deve ultrapassar as 6 000 palavras (sem bibliografia incluída).

As propostas de números temáticos positivamente avaliados serão por norma publicados no início do ano seguinte.

Para qualquer questão ou dúvida sobre propostas de números temáticos contacte a MIDAS.

Responsabilidades dos/as organizadores/as de número temático:

  • Gerir o processo de arbitragem científica: todos os artigos passam pelo processo de arbitragem científica, sendo analisados pelos/as coordenadores/as do número e por dois especialistas externos (em sistema de duplo anonimato);

  • Garantir a revisão linguística de artigos escritos em outras línguas (Espanhol, Inglês e Francês);

  • Comunicar com os/as autores/as sobre as revisões e durante as restantes etapas do processo de edição;

  • Editar textos e referências seguindo as normas de publicação da MIDAS;

  • Assegurar o cumprimento dos prazos de edição e de publicação;

  • Contribuir com um texto de introdução para o número temático;

  • A seleção da imagem para a capa é discutida com os editores da MIDAS;

  • Organizar evento de lançamento do número temático.

Responsabilidades da MIDAS:

  • Contribuir com orientações sobre o processo de edição e de publicação;

  • Aprovação final dos contributos para publicação;

  • Partilha das provas dos textos para leitura final;

  • Publicação do número temático no site da MIDAS;

  • Divulgação do número temático e dos seus contributos.

Os editores da MIDAS reservam o direito de fazer convites diretos no âmbito da organização de números temáticos sobre temas relevantes da agenda científica da museologia. Eventuais propostas enviadas neste âmbito estarão sujeitas a todos os procedimentos descritos acima.

Mais informações

A seleção das propostas de textos para a secção “Notações”, “Recensões Críticas”, “Ensaios” e “Entrevistas” é da responsabilidade dos editores.

A revista não aceita pagamentos para submissão, processamento ou publicação de artigos e números temáticos.

A colaboração de especialistas externos (referees) no processo de arbitragem científica funciona em regime “pro bono”.

Buscar en OpenEdition Search

Se le redirigirá a OpenEdition Search