Navigation – Plan du site

AccueilNuméros61Editorial do número 61

Editorial do número 61

Éditorial du numéro 61
Editorial of issue 61
Sébastien Velut et Hervé Théry
Cet article est une traduction de :
Editorial du numéro 61 [fr]

Texte intégral

1Pela primeira vez, este editorial, que é o último de 2023, mas será lido no início de 2024, abre não com seu conteúdo, mas com o anúncio de edições futuras.

  • - O número 62 anunciará o artigo vencedor do prêmio “Neli Aparecida de Mello-Théry” de 2022 e iniciará o processo de seleção para o prêmio de 2023, que será lançado em seguida.

  • - Também acrescentaremos três novos artigos à nossa seção “Traduções”, todos publicados na edição 53 de Confins:

  1. “A fábrica das plantas globais: uma geografia da globalização das plantas da Amazônia”, tradução por Juliana Marschal Ramos de « La fabrique des plantes globales. Une géographie de la mondialisation des végétaux d’Amazonie », de Bastien Beaufort;

  2. “Representação espacial das trajetórias dos serviços de saúde em São Paulo e desigualdades urbanas”, tradução por Isabel Queiroga de « Inscription spatiale des trajectoires de recours aux soins à São Paulo et inégalités urbaines », de Pauline Iosti;

  3. “Processos espaciais e Geografia Cultural”, tradução por Débora Fialho Goulart de « Processus spatiaux et géographie culturelle », de Paul Claval.

2Todos esses textos foram revisados, como sempre, por Patrícia Reuillard (UFRGS), conforme convênio entre Confins e o mestrado de tradução desta Universidade.

Os artigos do numéro 61

3Os artigos desta edição 61 estão divididos quase igualmente entre quatro temas: a geografia da saúde, dos conflitos rurais, da legislação ambiental e do turismo.

4O tema da geografia da saúde é abordado por “Análise da distribuição espacial e racial da Razão de Mortalidade Materna brasileira”, de Cláudia Aparecida Avelar Ferreira e Paulo Fernando Braga Carvalho e “Desenvolvimento de um índice de vulnerabilidade em saúde nos municípios do Ceará”, de Gerlânia Maria Rocha Sousa, Maria Elisa Zanella, Patrícia Verônica Pinheiro Sales Lima, João Luís Sampaio Olímpio, Marysol Dantas de Medeiros e Andréa Ferreira da Silva.

5A geografia rural e, mais especificamente, os conflitos rurais, é o tema central de “Conflitos sociais e afirmação territorial da comunidade quilombola Ilha São Vicente, Araguatins, Tocantins”, de Ricardo Gilson da Costa Silva, Luciano Laurindo dos Santos, Jorlando Ferreira Rocha, Luziane Laurindo dos Santos e Cristiano Bento da Silva, e “Estratégias dos agricultores entre arroz e soja, produção percepções. O exemplo de Cachoeira do Sul/RS, Brasil”, de Frédéric Fortunel, Márcia dos Santos Ramos Berreta e Benjamin Dias Osorio Filho.

6As consequências geográficas da legislação ambiental são o foco de “O papel da legislação no processo de reconfiguração da periferia urbana em cidades médias brasileiras”, de Maria Jose Martinelli Silva Calixto, Marcus Vinícius Mariano de Souza e Sergio Moreno Redón, e “A avaliação da lei complementar nº 233/2005 em relação a exploração sustentável das florestas em Mato Grosso: sua eficácia nas políticas ambientais no Brasil. Políticas públicas ambientais: níveis de eficácia da lei complementar nº 233/2005 nos municípios da Amazônia mato-grossense”, de Alessandra Maria Filippin dos Passos Santos, Aumeri Carlos Bampi, Wylmor Constatntino Tives Dalfovo.

7Por fim, o gerenciamento do turismo é abordado por “Geohistória do turismo em Sabará, Caeté e Nova Lima: uma ferramenta ao planejamento”, de Guilherme Maximiano Ferreira Santos, Tainara do Carmo Lopes da Silva, Luiza Souza Pereira e Larissa Alves de Lira

Os dossiês

8Como indica sua introdução, o dossiê “Planejamento, Urbanização e Políticas Públicas na Região de Carajás”, organizado por Eudes Leopoldo, apresenta um panorama instigante dos atuais desafios ao planejamento do território e à Geografia Regional da região de Carajás, no Estado do Pará. A partir de aporte epistemológico regional, os seis artigos que constituem o dossiê tratam de grandes desafios de planejamento na Amazônia. Os artigos abordam diferentes escalas e realidades territoriais, destacando temáticas indo de um diálogo com o trabalho de Bertha Becker até a gestão de resíduos sólidos, pobreza e degradação ambiental, geodiversidade, sociobiodiversidade e compensação financeira pela exploração de recursos minerais.

9O dossiê “Primeiras imagens do censo brasileiro de 2022” o primeiro dos quais, de René Somain, tem o mesmo título e abrange todo o país, enquanto o segundo, de Ricardo Gilson da Costa Silva, “O Brasil e Rondônia no censo demográfico 2022: apontamentos iniciais” e o terceiro, de Ricardo Rodrigues Monteiro e Luiz Fernando de Carli Lautert, “Demografia nos municípios paranaenses - análise dos censos 1991 a 2022”, analisam os casos de dois Éstados, no Sul e na Amazônia.

As rúbricas

10O “Registro de pesquisa”, de Raimundo Nonato Junior e Hervé Théry, apresenta pesquisas em andamento sobre “Dois sítios importantes como alavancas de desenvolvimento regional: desenvolvimento regional em torno do GSF Pointe du Raz, em Cap Sizun (França) e Ponta Negra, em Natal (Brasil)”. A “Crônica do campo” de François Weigel relata “Uma visita de Natal no rastro dos aviões franceses”. Nas “Imagens comentadas” de Mateus de Almeida Prado Sampaio, Igor Breno Barbosa de Sousa e Elvis Simões Pitoco da Silva mostram a “Geografia dos campeões: migração, força de trabalho e nacionalidade de argentinos e franceses na Copa do Mundo do Catar 2022” e Jorge Rodrigues Ataides Junior analisa a “Distribuição espacial dos homicídios de pessoas trans em Mato Grosso entre 2018 e 2022”. A “Resenha” deste número situa “O Brasil na publicação 40 mapas para entender um mundo fragmentado

11Boa leitura a todas e todos.

Haut de page

Pour citer cet article

Référence électronique

Sébastien Velut et Hervé Théry, « Editorial do número 61 »Confins [En ligne], 61 | 2023, mis en ligne le 31 décembre 2023, consulté le 27 mai 2024. URL : http://0-journals-openedition-org.catalogue.libraries.london.ac.uk/confins/55089 ; DOI : https://0-doi-org.catalogue.libraries.london.ac.uk/10.4000/confins.55089

Haut de page

Droits d’auteur

CC-BY-NC-SA-4.0

Le texte seul est utilisable sous licence CC BY-NC-SA 4.0. Les autres éléments (illustrations, fichiers annexes importés) sont « Tous droits réservés », sauf mention contraire.

Haut de page
Search OpenEdition Search

You will be redirected to OpenEdition Search