Navigation – Plan du site

AccueilNuméros61ResenhasO Brasil na publicação “40 mapas ...

Resenhas

O Brasil na publicação “40 mapas para entender um mundo fragmentado”

Le Brésil dans la publication « 40 cartes pour comprendre un monde fracturé »
Brazil in the publication “40 maps to understand a fractured world”
Confins
Référence(s) :

40 cartes pour comprendre un monde fracturé, Hors-série du Monde, 2023, 116 pages, 11,90 Euros

Entrées d’index

Index géographique :

Mundo
Haut de page

Texte intégral

1A apresentação do livro no site “La boutique du Monde”1 indica claramente seu objetivo:

“O mundo está se fragmentando após o ataque terrorista do Hamas a Israel e o impasse no conflito entre a Rússia e a Ucrânia. A divisão entre o Ocidente e o resto do mundo está se ampliando, exacerbada pela crescente desigualdade, pelo aquecimento global e pela ascensão do populismo. Com a ajuda de quarenta gráficos computadorizados, análises e entrevistas, desenhamos um mapa de um mundo em tensão”.

2Em sua análise no jornal2, Gaïdz Minassian e Delphine Papin deixam claras suas intenções: “Em um momento em que a guerra continua na Ucrânia e outra eclode no Oriente Médio entre Israel e o Hamas, o Le Monde oferece uma edição especial que mapeia as muitas rachaduras na ordem mundial”.

3Escolhemos dois trechos de seu texto:

“A combinação do ressurgimento de guerras entre Estados, a persistência de conflitos irregulares e as crises não letais que marcam o planeta estão tornando o mundo mais complexo e afetando os próprios fundamentos do sistema internacional. Como essa crise sistêmica ainda é difícil de entender, a edição especial do Le Monde 40 cartes pour comprendre un monde fracturé (40 mapas para entender um mundo fraturado) tem como objetivo facilitar a compreensão, usando cartografias que revelam um mundo em fluxo”.

“Ao fechar este atlas de um mundo fraturado, os leitores podem se sentir tentados a perguntar: a humanidade terá os recursos para superar essa justaposição de crises? Cabe aos detentores do poder fazer essa pergunta a si mesmos, pois não se pode mais descartar o risco de passar de um mundo fraturado para um mundo explosivo”.

4Qual é o lugar do Brasil e da América do Sul nessa visão do planeta? Três mapas são dedicados a eles.

5As « Novas Rotas da Seda » na América Latina

6Parcerias, acordos de livre comércio, investimentos, empréstimos... Em um cenário de maior rivalidade com Washington, a China está fortalecendo sua presença econômica e diplomática na região, do México à Argentina.

Mapa 1 As « Novas Rotas da Seda » na América Latina

Mapa 1 As « Novas Rotas da Seda » na América Latina

7Brasil: a soja está redesenhando a geopolítica do país

8O crescimento espantoso do cultivo do “ouro verde” remodelou o cenário econômico e político e reformulou o lugar do Brasil no mundo.

Mapa 2 Brasil: a soja está redesenhando a geopolítica do país

Mapa 2 Brasil: a soja está redesenhando a geopolítica do país

9Brasil: o grande saque da Amazônia

10O texto que acompanha a matéria, de autoria de Bruno Meyerfeld (correspondente no Rio de Janeiro), Anne Vigna (correspondente na Cidade do México), Anandi Balada e Cecile Hennion, assume uma posição clara:

11A extensão das áreas desmatadas durante o mandato de Jair Bolsonaro, no poder entre 2019 e 2022, com o apoio do lobby agroalimentar, é espetacular. O presidente afastado fez seu nome desmantelando as instituições responsáveis pela proteção do meio ambiente e cortando seus orçamentos. Um dos maiores produtores de produtos agrícolas e pecuários do mundo, o Brasil foi o maior exportador mundial de café, açúcar e soja em 2022. A produção dessa leguminosa quase dobrou em dez anos, passando de 81,5 milhões de toneladas em 2012-2013 para quase 156 milhões de toneladas em 2022-2023. Essas culturas industriais para exportação são a raiz do desmatamento descontrolado.

12A floresta amazônica, que se estende por nove países (63% dos quais estão no Brasil), abriga quase um terço das espécies conhecidas e mais de 390 bilhões de árvores, e ajuda a manter os ciclos mundiais de carbono e água. As atividades agrícolas e industriais, que atingiram níveis recordes sob a presidência de Jair Bolsonaro, e a perturbação climática estão prejudicando esse ecossistema, que é vital para o planeta. Em novembro de 2022, os ambientalistas depositaram suas esperanças na eleição de Luiz Inácio Lula da Silva, que havia contribuído para uma redução de 80% no desmatamento durante seus dois mandatos anteriores, de 2003 a 2011. Na época, várias leis e moratórias foram adotadas, demonstrando uma correlação entre o desmatamento e a vontade política. No entanto, a reaproximação entre Brasília e Pequim e as recentes promessas de Lula de expandir o cultivo de soja estão aumentando os temores quanto ao futuro da floresta amazônica, frequentemente descrita como o “pulmão da Terra”.

Mapa 3 Brasil: o grande saque da Amazônia

Mapa 3 Brasil: o grande saque da Amazônia
Haut de page

Table des illustrations

Titre Mapa 1 As « Novas Rotas da Seda » na América Latina
URL http://0-journals-openedition-org.catalogue.libraries.london.ac.uk/confins/docannexe/image/54689/img-1.jpg
Fichier image/jpeg, 998k
Titre Mapa 2 Brasil: a soja está redesenhando a geopolítica do país
URL http://0-journals-openedition-org.catalogue.libraries.london.ac.uk/confins/docannexe/image/54689/img-2.jpg
Fichier image/jpeg, 1,1M
Titre Mapa 3 Brasil: o grande saque da Amazônia
URL http://0-journals-openedition-org.catalogue.libraries.london.ac.uk/confins/docannexe/image/54689/img-3.jpg
Fichier image/jpeg, 777k
Haut de page

Pour citer cet article

Référence électronique

Confins, « O Brasil na publicação “40 mapas para entender um mundo fragmentado” »Confins [En ligne], 61 | 2023, mis en ligne le 26 décembre 2023, consulté le 22 mai 2024. URL : http://0-journals-openedition-org.catalogue.libraries.london.ac.uk/confins/54689 ; DOI : https://0-doi-org.catalogue.libraries.london.ac.uk/10.4000/confins.54689

Haut de page

Auteur

Confins

Articles du même auteur

Haut de page

Droits d’auteur

CC-BY-NC-SA-4.0

Le texte seul est utilisable sous licence CC BY-NC-SA 4.0. Les autres éléments (illustrations, fichiers annexes importés) sont « Tous droits réservés », sauf mention contraire.

Haut de page
Search OpenEdition Search

You will be redirected to OpenEdition Search